Mosquitos transgênicos: para além do inseticida

 

Diante do problema da resistência aos inseticidas, os cientistas começaram a pensar também em outras alternativas para controlar populações de Aedes. Uma delas foi o desenvolvimento de mosquitos transgênicos cujos descendentes morrem antes de chegar à fase adulta.

 

Pesquisadores britânicos e brasileiros desenvolveram artificialmente um mosquito macho modificado, isto é, cujo DNA foi alterado. Esses insetos carregam um gene que impede o desenvolvimento de sua prole até a fase adulta, o que os torna incapazes de transmitir as arboviroses. Desenvolvido no Brasil por uma empresa privada em conjunto com a Universidade de São Paulo (USP), o projeto conseguiu, em seus estudos de campo iniciais, reduzir drasticamente o índice de infestação de Aedes em algumas comunidades de Juazeiro, Bahia (20,21).

 

 

 

___

 

20. Araújo HR, et al. Aedes aegypti Control Strategies in Brazil: Incorporation of New Technologies to Overcome the Persistence of Dengue Epidemics. Insects. 2015 Jun 11;6(2):576-94.

 

21. Carvalho DO, et al. Two step male release strategy using transgenic mosquito lines to control transmission of vector-borne diseases. Acta Trop. 2014 Apr;132 Suppl:S170-7.