Novos casos de febre amarela no Brasil

 

De 2014 até hoje, a febre amarela voltou a preocupar diversas regiões do Brasil onde há muito tempo não se tinha relato da doença (29).


Quem nos alertou sobre isso foram os macacos: como são hospedeiros intermediários do vírus, eles funcionam como espécies sentinelas. Resumindo, quando há mortes de macacos, precisamos ficar atentos e verificar se a causa foi a febre amarela (29). Em caso positivo, pode ser que a doença esteja prestes a chegar aos humanos também!


Atualmente, a febre amarela circula apenas em ambientes silvestres. Porém, como seu antigo transmissor em ambientes urbanos, o Aedes aegypti, continua presente no país, não podemos baixar a guarda! Devemos atender às recomendações das autoridades públicas e evitar o pânico.

Saiba mais sobre febre amarela:

Sintomas

Diagnóstico

Prevenção

 

 

 

___

 

29. Chambers TJ, Hahn CS, Galler R, Rice CM. Flavivirus genome organization, expression, and replication. Annu Rev Microbiol. Annual Reviews 4139 El Camino Way, PO Box 10139, Palo Alto, CA 94303-0139, USA; 1990;44(1):649–88.